A aranha e algumas curiosidades

Um dos animais mais curiosos da natureza é sem dúvida, as aranhas, que são os aracnídeos que tem de vários tamanhos, desde os menores até os mais grandes, que geralmente são peludos e venenosos.
As aranhas tem na parte frontal de seu corpo, presas que ficam na porção distal das quelíceras, utilizadas principalmente para a inoculação do veneno que produzem em suas glândulas na sua base.
Em uma família específica, a Uloboridae, elas perderam suas glândulas de veneno, onde matam suas presas apenas com o uso das sedas que produzem. As aranhas normais, possuem um canal do intestino muito estreito, devido a isso, elas só podem ingerir alimentos em forma líquida, é impedido que alimentos sólidos entrem naquele local. Devido a isso, elas tem que recorrer a uma digestão externa dos alimentos, o que, em maneira enzimática, a liquefacção vem antes da ingestão.
Na aranha existe dois tipos de sistema de digestão externa: a injeção de enzimas digestivas que vem do intestino médio da presa, sugando assim os tecidos que são digeridos, deixando apenas como rastro a carcaça da presa, ou também é possível que a aranha triture a presa, formando uma polpa do corpo, usando como forma de ingestão as quelíceras e a base dos pedipalpos, enquanto usa do ácidos enzimáticos para saturar a presa.

O estômago dessa espécie está localizado na área central de seu corpo, o cefalotórax, conhecido assim por abrigar a cabeça e a base corporal em uma mesma ligação, o que funciona como uma bomba, empurrando o alimento no organismo digestivo. A maioria das aranhas expelem um ácido úrico, em forma de material seco que é expelido pelo ânus, o que a tornam cada vez mais peculiar e esquisita.

E aí? Com esse texto já dá pra sonhar com aranhas andando ao seu redor da cama?

Related Posts
Previous
« Prev Post